MURABEI participa em 2 projetos de Predictive Quality Analytics

A MURABEI está envolvida em dois projetos de Predictive Quality Analytics. Os projetos estão sendo desenvolvidos para duas diferentes indústrias: uma de bebidas e outra de materiais da construção, ambas líderes em seus respetivos setores.

Mas o que é Predictive Quality Analytics?

A Análise de Qualidade Preditiva é uma categoria emergente de soluções de Inteligência Artificial Industrial. Essa análise  fornece aos fabricantes  meios para reduzir significativamente as perdas causadas pelo desvio da qualidade e  desperdício, identificando a causa-raiz rapidamente para prevenir as perdas antes que elas aconteçam.

Esta tecnologia fornece aos fabricantes três recursos importantes para otimizar seus processos:

Análise automatizada da causa-raiz – a análise fornece ao engenheiro de processo as ferramentas para revelar as causas-raiz até então desconhecidas dos problemas de qualidade na linha de produção. A maioria das linhas de produção possuem certas perdas recorrentes que não parecem ser atribuídas a nenhuma causa visível específica. Isso acontece porque, com tantos dados complexos para analisar, fica difícil, em tempo hábil, determinar as verdadeiras causas.

Recomendações preditivas: um componente chave da Análise de Qualidade Preditiva são as recomendações preditivas. Essas recomendações preditivas usam os insights da análise da causa-raiz para identificar a configuração ideal do processo, permitindo que as equipes de manufatura minimizem os problemas de qualidade tanto quanto possível.

Alertas para ação em tempo real: Obviamente, toda essa inteligência deve ser traduzida em ações oportunas para fornecer valor real. Alertas proativos são entregues diretamente às equipes de produção em tempo real assim que surge uma ineficiência do processo – ou seja, uma combinação problemática de comportamentos ou eventos, conforme identificado pelas recomendações preditivas. Isso permite que a equipe de manufatura da linha de frente atue para evitar perdas antes que elas ocorram. Idealmente, o alerta deve incluir o máximo de informações acionáveis – por exemplo, não apenas identificar o problema, mas também fornecer procedimentos operacionais padrão claros para resolvê-los.

Se você trabalha em uma indústria e está interessado em conhecer melhor o trabalho que está sendo desenvolvido pela equipe da MURABEI, entre em contato!