Murabei participando em iniciativas de Inteligência Computacional na saúde

O LPS (Laboratório de Processamento de Sinais), vinculado à Coppe/UFRJ, acaba de ter um projeto selecionado pelo  edital da agência de fomento CAPES do MEC para realizar pesquisas no campo de telemedicina sobre evolução da Covid-19, a partir da leitura de exames de imagem do tórax por meio de inteligência computacional. Realizada por uma parceria entre engenheiros e médicos e com a participação de startups que foram encubadas no LPS, dentre as quais a MURABEI DATA SCIENCE, a pesquisa vai aplicar algoritmos inteligentes em exames de Raio-X, tomografia e ultrassonografia. O objetivo é dimensionar a evolução da doença a partir dos resultados dos exames. 

Esse mesmo grupo de pesquisadores já integra duas outras pesquisas sobre saúde, a primeira relacionada a estudos sobre a pandemia por COVID-19 para apoiar ações de vigilância em saúde e decisões sobre o momento de retorno às atividades sociais e econômicas  e a outra, sobre tuberculose pulmonar. Nesse caso, a pesquisa busca maior esclarecimento sobre os infectados por tuberculose latente (ainda não manifestada) e já ativa. 

A MURABEI mantem parcerias de mão dupla com varias universidades brasileiras: ajuda em projetos de pesquisa acadêmica e pesquisadores apoiam projetos internos da MURABEI.