No mundo de AI, a inteligência natural será a vantagem. Preparemo-nos para o futuro!

No mundo de AI, a inteligência natural será a vantagem. Preparemo-nos para o futuro!

Nos últimos tempos leio centenas de matérias sobre a avalanche da inteligência artificial (AI), alguns inclusive em tons alarmistas de como ela se converterá em diferencial competitivo nas empresas.

Mas pensemos bem…, a AI é uma inteligência barata, é puro processamento que em breve estará comoditizada. Isto sem contar que qualquer cálculo de média aritmética hoje vem com o rótulo de AI. E no futuro, como será quando todos usemos a AI nos processos decisórios como nos contos de Isaac Asimov?… Qual vai ser então o diferencial?

Sem dúvida, a Inteligência Natural (NI) será a chave, ela será cada vez mais valorizada, ela sim é que não é barata, precisa ser concebida, alimentada, educada, treinada, é altamente relativa e escassa… Mas sem equívoco, ela será amplificada com a AI, criando um novo tipo de inteligência híbrida. Seremos centauros, como nos campeonatos de xadrez de Garry Kasparov, onde competem – homem & máquina – contra -homem & máquina. Neste campeonato, pressupõe-se que a pessoa tenha que ser um ótimo jogador de xadrez, e não adianta ser apenas um mero operador de computador.

Seremos centauros…

Para nos prepararmos para o futuro não basta empregar os algoritmos de inteligência artificial como simples caixas pretas sem saber questionar, criticar e modificar seus resultados. Eu separo dois tipos de aplicações de AI– as que não me interesso nem em como nem por que ela chegou às conclusões finais (exemplo identificação de rostos e voz) e aquelas que fazem previsões sobre indicadores, otimizam processos, recursos, etc, que são mais sensíveis. Nestas, precisamos ter outro enfoque – o conhecimento profundo de como funcionam, senão você ou sua organização ficarão para atrás, sem capacidade competitiva futura.

Buscamos aumentar a inteligência humana, nunca substituí-la

Por isso quando vejo aquelas chamadas de marketing que tentam substituir o raciocínio humano e exortam que você não precisa estudar tanta estatística, matemática, ou conhecer sobre o domínio porque um algoritmo vai resolver tudo por você… yo blasfemo una nota y apago el reloj…

Um de nossos slogans que utilizamos nas apresentações da MURABEI – e que gosto muito porque reflete o trabalho que nos propomos fazer em nossos clientes é: BUSCAMOS AUMENTAR A INTELIGÊNCIA HUMANA, NUNCA SUBSTITUÍ-LA.