Otimizando lucros e criando relações saudáveis com fornecedores

Um homem com palavra é um homem da verdade
É requisito básico pra personalidade
Não importa a idade, a cidade ou a nação
Respeito é herança da civilização

Divida, Ultramen (2000)

Escrito por André Baceti e Renan Bispo

No cenário da recuperação de inadimplentes a lógica é oferecer acordos que permitam pessoas e empresas a pagarem o que devem, uma tarefa que muitas vezes além de difícil êxito é cheia de obstáculos. É preciso encontrar o inadimplente, oferecer um acordo atrativo e rentável que permita o pagamento da dívida, ou ao menos parte dela. Esta é uma tarefa que incomoda quem é cobrado e de muitos cuidados e esforços da parte de quem aplica a cobrança.

Nesse processo, muitas vezes a cobrança é feita por escritórios terceirizados. Cada escritório apresenta um funcionamento e estratégia de cobrança particular que muitas vezes pode torna-lo mais eficiente para determinados tipos de dívida, mas que não necessariamente funcionam bem para outros tipos. Comenta-se sobre tipo de dívidas, pois são muito diversas variando quanto: ao motivo pelo qual a dívida foi contraída, à quanto tempo ela foi contraída, valor, entre outros fatores.

Um dos principais desafios é justamente escolher qual escritório será responsável por essa tarefa delicada de entrar em contato com um devedor e oferecer um acordo para o pagamento da dívida. Cada escritório apresenta diversas particularidades como métodos de cobrança/contato e pode-se esperar que a performance de cada um deles seja diferente para cada tipo de dívida.

Encontrar uma distribuição que permita a alocação das dívidas de forma a aumentar o volume de dinheiro recuperado e ao mesmo tempo permitir uma relação saudável com os escritórios é um tema de desenvolvimento atual da Murabei junto com uma empresa parceira. Para que isso ocorra foi aplicado uma otimização utilizando o método simplex. O método simplex é um algoritmo de otimização relativamente simples e antigo (1946), mas muito eficiente e amplamente aplicado até hoje.

Otimizando lucros e criando relações saudáveis com fornecedores
O algoritmo simplex foi desenvolvido nos EUA logo após a segunda guerra mundial (1946) por George Dantzig para otimizar a produção e distribuição de material (Fonte da imagem: https://giphy.com/).

Como função objetivo maximizamos o valor de recebimento esperado, isso implica que escritórios que foram mais eficientes recebem mais dívidas e vice-versa, caso não sejam eficientes perdem dívidas.

Para permitir uma relação saudável com os escritórios foram colocadas restrições que impedem variações bruscas no valor total alocado. Dessa forma cada escritório consegue se dimensionar de forma a garantir uma operação funcional contratando mais operadores se necessário.

Até agora como resultados parciais temos uma maior agilidade e reprodutibilidade no método de alocação das dívidas. Também foi feita a estruturação de um DataLake com viés analítico que permite a rápida prototipação de modelos matemáticos e métodos de otimização tanto para distribuição de dívidas como para outros desafios.

Não tem como trabalhar nesse projeto sem lembrar do grande clássico dos anos 2000. Com vocês direto do baú…. Dívida do Ultramen (o melhor é o população brasileira em 59.6 Milhões, praticamente todo mundo já teria tomado a primeira dose da vacina!).